Dia da Paz (Bolivia)

Dia da Paz (Bolivia) - Curiosidades

Conhecido como:Aniversário da Paz
Hashtags:#DiaDapaz, #DiaDeLaPaz
Data de 2019:16 Julho 2019
Data de 2020:16 Julho 2020
Dia da Paz (Bolivia)
Bolivia

Dia da Paz (Bolivia) - História

O Dia de la Paz marca o aniversário do primeiro grito de liberdade na América Latina, também chamado a Revolução de la Paz, que ocorreu em 1809. Este evento histórico foi conduzido por líderes revolucionários liderados por Pedro Domingo Murillo. Com este ato, foi retirado do poder o então governador de La Paz e estabeleceu a Junta Tuitiva, forma temporária de governo da cidade a partir dessa data. Após o Grito da Independência, Pedro Murillo comandou as primeiras ações contra o exército Goyeneche na região Chacaltaya. Tal foi o apoio do povo de La Paz que essas ações militares foram principalmente tomadas pelos camponeses porque havia um exército formalmente estabelecido para esta fim. Estas ações serviram para agilizar os processos de independência no resto da América do Sul. Este dia é comemorado em 16 de Julho de cada ano em todo o território nacional.

Dia da Paz (Bolivia) - Fatos  e Citações

  • Esta celebração coincide com a Festa da Virgem del Carmen, padroeira religioso da cidade de La Paz. Este festival também é relevante, porque durante a sua celebração, em 1809, Murillo e outros revolucionários aproveitaram a distração dos membros do governo para dar o grito de liberdade.
  • O exército de Goyeneche foi uma fração do exército monarquista da Coroa Espanhola. Liderado pelo tenente-general José Manuel de Goyeneche e Barreda, ele estava estacionado no território do Alto Peru, atualmente Peru e Bolívia, durante o período de independência dos vários territórios da América do Sul.
  • O exército ou "guerrilha" que enfrentou o exército Goyeneche foi derrotado na batalha do Altos de Chacaltaya. No entanto, suas ações repercutiram em todo o continente, conseguindo o apoio de outras facções e do exército patriótico recém-formado (exército de Simon Bolivar para a campanha para libertar a América do Sul). A região de Chacaltaya atualmente é um dos locais turísticos mais impressionantes na Bolívia.
  • A proclamação da independência elaborada pela Junta Tuitiva foi o primeiro documento deste tipo que foi produzido na América Latina. Isto foi escrito pelo então padre José Antônio Medina, argentino de nascimento, que foi um dos fundadores da Declaração de Independência que comemora o Aniversário de La Paz.
  • [...] A revolução e a libertação de La Paz foi do campo para a cidade e esta história se repete na atualidade. [...] Antes em base nas guerrilhas, agora em base da consciência. Agora a revolução democrática cultural, também do campo para a cidade. [...] Evo Morales, presidente da Bolívia (2006-2016 período) em 16/07/2015 - La Paz, Bolívia.

Dia da Paz (Bolivia) - Principais eventos e coisas a fazer

  • Testemunhar a Diana de Saludo em Homenagem a esta proeza libertária em La Paz. Durante esta atividade tocam os sinos de todas as igrejas da cidade. Em seguida, a Virgem del Carmen é trasladada para a Catedral Metropolitana, localizado na Praça Murillo. Esta atividade é realizada no início de 16 de Julho de cada ano.
  • Participar da cerimônia de celebração oficial realizada na Praça Murillo, La Paz. Lá a bandeira da cidade é içada, as autoridades locais e nacionais acendem a Tocha da Liberdade - monumento em forma de tocha em homenagem ao Dia da Independência de La Paz - e colocam coroas de flores no Monumento de Murillo. Esta atividade também inclui um desfile militar e realização da tradicional missa Te Deum (cerimônia em torno de um hino cristão do mesmo nome cantado em algumas celebrações de independência em todo o mundo).
  • A celebração deste dia começa em La Paz, desde o 15 de julho. Na noite deste dia você pode assistir ao desfile tradicional de Tochas. As pessoas andam a pé e carros alegóricos passam pela cidade dando uma amostra de folclore e tradições culturais da cidade.
  • É tradição embandeirar e decorar toda a cidade com luzes coloridas (vermelho e verde esmeralda - cores oficiais da bandeira de La Paz) desde 15 de julho. Normalmente, as bandeiras são removidas no dia após a celebração do aniversário de La Paz, ou seja, em 17 de julho. Esta atividade é realizada por funcionários do governo da cidade.
  • Alugar ou comprar o documentário La Paz: um sonho nos Andes (2008). Produzido por Prodecine Vídeo, este documentário turístico e cultural leva-nos através de todos os pontos de referência de La Paz. Ele também mostra em todo seu esplendor, paisagens, tradições, fauna, flora e folclore da cidade.

Direitos Autorais 2002-2019 © Sapro Systems LLC • Sobre nós Política De Privacidade Termos de Licença Correções & Sugestões

spacer